Por que uma atlética deve investir em e-sports? Veja aqui!

4 minutos para ler

Sabia que investir em e-sports é a nova onda do momento? A cada dia que passa, competir em jogos on-line tem ganhado mais popularidade no Brasil e no mundo todo. E o que começou como um hobby divertido virou uma profissão altamente rentável.

A modalidade veio para ficar até mesmo nas atléticas, que já investem na formação de times e na organização de disputas. Se você quer trazer o mundo dos games para a sua gestão, vamos compartilhar dicas iradas sobre o tema, com um pequeno passo a passo e os benefícios de incrementar o e-sports aos jogos universitários.

Vem com a gente!

O crescimento do e-sports no Brasil

Quando o assunto é investir em e-sports, os brasileiros não ficam para trás. Somos o terceiro país com o maior número de entusiastas no mundo. Segundo o relatório da Newzoo, 7,6 milhões de pessoas acompanham competições de e-sports por aqui.

No mundo inteiro, a audiência deve alcançar 495 milhões de torcedores e movimentar US$1,1 bilhão em 2020. É muita gente e muitos ganhos envolvidos, concorda? O crescimento também abre espaço para transmissões em streaming e na TV, em canais de esportes.

A fama, inclusive, tem atraído muitos clubes de futebol como Santos, Flamengo e Corinthians, que misturam a paixão pelo esporte e pelos games. Entre os jogos disputados, estão: League of Legends (LOL), Rainbow Six Siege, DOTA, FIFA e Pro Evolution Soccer (PES). Lá fora, times como o Paris Saint-Germain (PSG) investem em parcerias com organizações de jogos eletrônicos. 

O papel da atlética no desenvolvimento do e-sports

Uma das missões de gerir uma atlética universitária é fomentar a participação nos esportes, além de promover o engajamento entre os associados. Ao investir em e-sports, certamente você encontrará jogadores entre os alunos que fazem parte da associação.

Por que não aumentar a representatividade da atlética entre os estudantes ao mesmo tempo em que promove um mercado em expansão? Dessa forma, você conseguirá unir ainda mais a galera em prol de uma nova atividade, formando equipes e realizando treinos. Como faz? Olha só as dicas que trouxemos:

  • LOL, Rainbow Six Siege, DOTA, FIFA, PES? Aplique uma pesquisa para descobrir qual é o interesse dos associados e defina o jogo;
  • depois de escolher o game, crie a sua marca. Pode usar a linguagem visual da própria atlética para se inspirar ou criar algo novo;
  • hora de montar o time com os jogadores que representarão a atlética nas competições. Comece com uma pré-seleção e proponha uma partida para avaliar as habilidades;
  • treinar é preciso para integrar a equipe, familiarizar as jogadas e montar as melhores estratégias. Prepare um local adequado para receber a galera e marque horários;
  • acompanhe quais são os torneios e campeonatos rolando para inscrever o time. Faça também competições internas para fortalecer a equipe;
  • com o time treinado, comece a divulgação. Afinal, diz o ditado que ela é a alma do negócio, então, bora mostrar para o mundo que vocês estão no páreo.

Os benefícios de investir em e-sports

Tudo o que agrega é bom, certo? Se a modalidade une a galera — equipes, treinadores e torcida — e incentiva a participação nas atividades da atlética, aí está o grande benefício. Ou seja, todos saem ganhando.

Além de ter a chance de conquistar novos associados e promover uma maior integração, os ganhos também são financeiros. Disputar campeonatos atrai inscrições e pode levar a prêmios, troféus e reconhecimento. Sem contar que aumenta o campo de competição local.

Enfim, investir em e-sports na sua atlética tem tudo para ser um sucesso. Afinal, você estará acompanhando uma tendência mundial. Com o tempo e com o aumento da representatividade dos jogos eletrônicos, novas pessoas podem se interessar pela modalidade. Isso é sinônimo de mais associados, mais integração e até mesmo mais engajamento com a própria associação.

Bora começar a seleção para o time? Se você está entrando no e-sports com a sua atlética ou já participa de campeonatos, deixe o seu comentário aqui no blog e conte pra gente!

Posts relacionados

Deixe um comentário