Atlética universitária: guia completo para entender seu funcionamento

22 minutos para ler

“Bem-vindo aos melhores anos da sua vida”. Esta é uma frase clássica que todo calouro houve ao entrar na faculdade e uma das responsáveis por garantir que ela se torne realidade são as atléticas universitárias!

Se você ainda não sabe o que é uma atlética, nós explicamos. Ela tem a função de promover jogos, festas, engajar os novos alunos e veteranos, organizar o programa de sócio torcedor, dentre várias outras atividades.

Porém, para que uma atlética funcione bem, não basta simplesmente juntar um grupo de universitários e sair por aí fazendo eventos! É preciso organização, planejamento e conhecimento para evitar erros, prejuízos financeiros, etc.

Ficou interessado? Então vem descobrir o que separamos sobre o tema e aproveite para tirar as suas dúvidas! Partiu?

O que é uma atlética universitária?

A atlética universitária é uma organização composta e administrada por estudantes de um ou mais cursos de uma determinada universidade.

Vale ressaltar que essa não é uma estrutura da faculdade. Não se trata de um setor oficial ou de algo comandado por profissionais da instituição. Ela surge da vontade e do interesse dos estudantes e isso é o que a torna tão incrível!

O surgimento das atléticas

Se você acha que as atléticas surgiram recentemente, saiba que está enganado. Essas associações já estão entre nós desde o começo do século XX, acredita?

Em 1910, elas deram os primeiros sinais de vida, pois, nessa época começaram a acontecer os primeiros jogos universitários. Claro que nada comparado a hoje, mas os torneios interestaduais já mobilizavam a galera e as instituições de ensino.

Com o sucesso dessas atividades, foi preciso “arrumar a bagunça”. Por causa disso, surgiram as primeiras associações acadêmicas que tinham o papel de cuidar da realização dos jogos estudantis. Um tempo depois, os campeonatos começaram a ter uma organização profissional.

Não demorou muito e as atléticas ganharam força. Os pequenos grupos de estudantes foram crescendo e ocupando posições cada vez mais reconhecidas dentro da universidade.

Foi em São Paulo que as organizações se consolidaram e, logo depois, tomaram todo o Brasil. Hoje, é comum vermos uma atlética para cada curso, o que permite unir os estudantes em torno de um assunto de interesse.

A cultura dessas organizações

A famosa “cultura de atlética” é representada de modos variados. Podemos enxergar essa abordagem nas festas de encerramento de semestre ou na recepção da calourada que chega animada.

Também é algo que aparece nas competições esportivas e nos jogos etílicos. Os hinos, a bateria, os moletons personalizados e até a rivalidade saudável entre universidades evidenciam essa cultura especial da atlética e tornam o seu universo tão divertido, desafiante e integrador.

Como é formada uma atlética?

Tudo muito bem, tudo muito bom, mas é essencial saber que a formação de uma organização do tipo não acontece do nada. Ela tem algumas regrinhas que podem parecer chatas no começo — e talvez sejam, é verdade —, mas que são necessárias. Com os elementos preparados do jeito certo, você não corre o risco de ver o esforço indo pelo ralo.

Antes de dar os primeiros passos, tenha a certeza de que há interesse e “demanda” por uma organização do tipo. É hora de conversar com os colegas de turma e de curso para saber o que acham da ideia.

Sinal verde? Oba! Então vamos partir para a formalização, que segue algumas etapas. Mas não se preocupe, porque nós separamos tudo o que é necessário para essa fase. Topa conferir?

Entenda a razão de existência

Para tornar o processo mais fácil, é preciso compreender qual é a razão para a criação da atlética. Afinal, somente organizar festas e curtir os anos de facul não é motivo suficiente para encarar as responsabilidades.

Pense, com calma, em como a associação pode contribuir para a faculdade, para os estudantes e até para a sociedade. Os universitários matriculados e interessados no assunto podem fazer parte do processo, já que várias cabeças pensam melhor que uma.

Eleja a (possível) diretoria

Como a administração da atlética tem que ser feita da maneira correta, é importante que cada um ocupe uma função específica. Sabe o que significa? Chegou a hora de eleger a diretoria! Tudo bem, isso ainda não é definitivo, então vamos falar em pré-diretoria.

Como alguns “cargos” são essenciais, fique de olho para não vacilar e não se esquecer de nenhum. Veja quais são os principais!

Presidente

O/a presidente é a figura central para o comando. É quem representa os interesses da atlética junto a outras organizações e nas competições. Também fica responsável por coordenar as diretorias, mas as decisões são tomadas em conjunto. A responsabilidade é grande, então é preciso ser comprometido e voltado para as principais necessidades da organização.

Vice-presidente

O/a vice-presidente ajuda a dividir as obrigações do presidente — e, olha, não são poucas. Também é uma figura relevante para substituí-lo em caso de demanda temporária, o que faz a escolha ser essencial.

Secretário/a

Já o/a secretário/a cuida da burocracia que envolve uma atlética. Fica de olho nos papéis, nas documentações e nos contratos com fornecedores diversos. Precisa ser uma pessoa organizada e que não tem medo de lidar com as questões mais chatinhas do cotidiano.

Tesoureiro

O/a tesoureiro/a toma conta dos valores arrecadados pela atlética. É quem gerencia os ganhos com as festas, produtos, associações, patrocínios e com as mensalidades de treinos. Além disso, fica de olho nos gastos e manda dar uma segurada, quando necessário.

Diretor/a de esportes

Como as competições universitárias são um dos focos da atlética, o diretor de esportes tem papel fundamental. Ele ajuda a coordenar a formação e a preparação de times, além de trabalhar com o secretário na participação em eventos esportivos.

Diretor/a de marketing

Propaganda é a alma do negócio! Com uma boa direção de marketing dá para ter presença nas redes sociais, atrair mais acadêmicos interessados e se consolidar como uma referência.

Diretor/a de produtos

A revenda de itens personalizados também é uma das funções da atlética. A diretoria comercial atua fazendo cotações com fornecedores, planejando os preços e acompanhando as vendas dos produtos personalizados. Em alguns casos, ele/a também controla a conquista de novas adesões.

Diretor/a de eventos

Mesmo que um jogo universitário tenha total estrutura, é essencial que tudo seja organizado. A diretoria de eventos organiza essas participações, bem como outras realizações, como festas e ações sociais. O responsável corre atrás e seleciona os fornecedores e atua em integração com o marketing.

Crie uma identidade para a atlética

Com a possível diretoria formada, é o momento de estabelecer as características principais da atlética. Para gerar identificação e uma proposta única, chegou a hora de elaborar a identidade.

Todos devem ajudar a pensar em um nome condizente com a atividade, bem como as cores e até o mascote. Isso vai ser essencial para fazer bonito nas disputas universitárias e ainda garante um ar profissional para a tarefa.

Elabore um Estatuto Social

Acredite se quiser: sua atlética vai precisar de um Estatuto Social, mesmo que não seja de Direito. Mas como assim? O que fazer?

Esse documento serve para regularizar a criação da organização e deixar tudo registrado. Afinal, juridicamente, é uma associação. A tarefa pode até não ser das mais fáceis (ou empolgantes), mas é necessária. Entre os elementos do estatuto, estão:

● finalidades da associação;

● localização e identidade da organização;

● condições para se tornar sócio/associado;

● direitos e deveres de cada um;

● pré-diretoria eleita;

● funções específicas de cada um, entre outros elementos.

Tudo precisa ser elaborado de forma bem específica, então vale conferir modelos já prontos para saber o que fazer, ok?

Convoque a primeira assembleia

Depois que o estatuto estiver finalizado, é o momento de chamar a galera para a primeira assembleia. Essa nada mais é que uma reunião com a pré-diretoria eleita e com os interessados na criação dessa associação. Para marcar um gol de placa, é necessário ter a aprovação da maioria.

Então apresente cada cargo, suas funções e seu eleito. Também é essencial demonstrar os pontos principais do estatuto e as informações da atlética. As pessoas poderão discutir, debater e decidir se concordam com a criação.

Só não se esqueça de elaborar uma ata completa. Ela vai ser necessária para o próximo passo e precisa ser montada da maneira correta!

Registre o estatuto e obtenha o CNPJ

Foi possível obter a aprovação da maioria? Mandou bem! Agora, siga para a formalização, que é o último passo para a formação de uma atlética universitária.

Pegue a ata de fundação, faça duas vias do estatuto e indique a diretoria em um documento à parte. Depois, leve tudo isso para o cartório adequado da sua cidade para fazer o registro.

Finalizada essa etapa, a tarefa ainda não acabou. Com tudo registrado, siga para a Receita Federal. Com o cadastro, é possível criar uma pessoa jurídica a partir da obtenção de um CNPJ. Desse jeito, a personalidade jurídica vai ser estabelecida.

Depois, é só usar essa informação para abrir uma conta bancária para a atlética, fechar contratos com fornecedores e assim por diante!

Quais são as atribuições da atlética?

Montada a estrutura dessa organização, pense no que ela pode fazer na faculdade. Afinal, temos que cumprir os objetivos incluídos lá no Estatuto Social, não é mesmo?

A boa notícia é que há diversas possibilidades e que tornam a rotina sempre dinâmica, animada e repleta de novidades. Quer ver? Venha descobrir as atribuições principais que selecionamos!

Organização e apoio ao esporte universitário

O esporte universitário aparece em várias modalidades: futebol, vôlei, futsal, basquete e a lista continua. É uma ótima chance de os estudantes praticarem a atividade que gostam e ainda ajudarem a trazer os prêmios para a faculdade.

É papel da atlética estimular essas competições. É a associação que seleciona os atletas, monta os times, faz a inscrição ou até organiza os eventos. Também é quem leva a galera toda para os eventos, onde ecoam os “gritos de guerra” das atléticas de diferentes instituições.

Elaboração e promoção de eventos

Além dos próprios eventos esportivos, a atlética fica responsável por pensar em outras realizações ao longo do ano. Normalmente, as festas e comemorações são uma forma de vender ingressos e cerveja e, assim, ganhar dinheiro. Parece simples, não é?

Mas para tudo dar certo é preciso contar com um bom planejamento. É necessário cuidar direitinho dos detalhes do evento, como os fornecedores, para garantir que nada fique de fora. Fechou?

Integração de estudantes

Entrar na faculdade é uma conquista e, lá no fundo, também dá um pouquinho de medo, não é? Para tornar o período de adaptação mais fácil, a associação fica responsável por dar as boas-vindas aos calouros e por apresentá-los ao novo ambiente.

E a integração não fica restrita apenas a quem acaba de chegar. É possível investir na integração dos veteranos, o que torna a faculdade divertida e interessante para todos.

Criação de projetos e ações sociais

Pode acreditar: nem tudo é festa ao falar da atlética. Também há espaço para falar sério e para fazer o bem. É por isso que a associação pode voltar seus esforços para elaborar eventos e ações sociais e de caridade.

A organização tem a chance de criar campanhas diversas para quem mais precisa. Dá, até mesmo, para unir esporte e responsabilidade social. Quem disse que a associação não pode buscar um mundo melhor?

Venda de itens personalizados

Para captar dinheiro, a organização pode decidir oferecer itens personalizados — e que fazem o maior sucesso! — para os estudantes. Entre os mais comuns, estão o moletom com nome do curso, as canecas personalizadas e até os acessórios.

Esses itens podem ser vendidos sob encomenda ou à pronta-entrega, além de trazer descontos para quem é adepto ao “sócio torcedor” da atlética.

O que a atlética pode oferecer para os alunos?

Ao conhecer as responsabilidades e atribuições da atlética, já dá para ver que ela pode mudar e otimizar a experiência dos alunos da graduação. Mas você sabia que é possível ir além?

A associação tem a chance de trazer novidades e experiências muito melhores. Então, vale a pena ficar de olho para entender o valor dessa atuação na faculdade!

Incentivo na participação nos esportes

Já que uma das atribuições principais é a organização e a participação em disputas esportivas, esse grupo consegue estimular os esportes na vida dos estudantes. Com as ações certas, fica mais fácil convencer os universitários de explorar e aprimorar o talento de fazer uma cesta ou marcar um ponto.

Esse incentivo é importante para a saúde e para o bem-estar, além de contribuir para a diversão. Com o suporte, os atletas universitários têm a oportunidade de viver experiências únicas. Para os demais associados, há a chance de torcer e participar dos eventos.

Aproximação dos estudantes

A vida na faculdade não consiste apenas em estudar ou se dar bem nas provas. Esse é um ambiente perfeito para interagir e conhecer pessoas que, muitas vezes, mantêm contato pelo resto das vidas.

A atlética consegue oferecer isso para os estudantes por meio da aproximação. A participação em eventos e atividades estimula novas amizades e ainda permite trabalhar o networking. Afinal, quem não quer ter bons contatos?

Além do mais, é um jeito de conhecer outros cursos da mesma universidade.

Estímulo à solidariedade

Como você viu, uma das atribuições é a realização de projetos sociais e de caridade. Isso faz com que a associação estimule a questão da solidariedade e crie hábitos que são bons para a sociedade.

É possível, por exemplo, fazer trabalho voluntário em orfanatos e asilos, participar de campanhas solidárias de arrecadação, doar sangue e assim por diante. Não faltam alternativas!

Oferta de clube de vantagens

Por falar nisso, é possível garantir que os estudantes associados tenham acesso a um clube de vantagens. Funciona assim: por meio de uma parceria com várias empresas, quem for sócio tem a chance de obter vários descontos.

Esse é um diferencial e tanto e conquista máximo interesse por parte dos estudantes. Afinal, todo universitário deseja ter bons descontos para economizar uma graninha, não é mesmo?

Experiência com gestão

Para os membros da diretoria e até para os voluntários em eventos específicos, a atlética é capaz de oferecer experiência com gestão, tomada de decisão e trabalho em equipe. Essas são qualidades muito desejadas no mercado de trabalho e fazem o currículo bombar!

O efeito é mais forte entre quem participa da diretoria e tem que resolver o rolê todo dia. Porém, quem participa da organização de uma festa ou ajuda em um projeto solidário também ganha experiência nesse sentido. Demais, né?

Como planejar as ações anuais da atlética?

Agora que você já sabe o que é uma atlética, o que ela faz ou é capaz de oferecer, entenda como colocar tudo isso em prática. Não tem milagre ou truque, mas um bom planejamento. Somente desse jeito é possível explorar as oportunidades ao longo do semestre e garantir memórias incríveis.

Com esse cuidado, dá para evitar erros, imprevistos, custos mais altos e até prejuízos. Então veja as nossas dicas de como planejar as ações anuais da atlética e acerte em cheio!

Organize as atividades de cada diretoria

Para ter produtividade, é interessante pedir para cada diretor (ou diretora) planejar as ações que desejam colocar em prática no semestre.

Com essas informações, é possível montar um calendário geral, com todas as atividades promovidas pela atlética. Desse jeito, fica fácil prever custos, receitas e responsabilidades de cada um.

Fique de olho, ainda, em datas de início e encerramento do semestre e, é claro, nas desejadas vésperas de feriado para as festas.

Distribua de tarefas entre a equipe

Como você viu, a atlética tem uma estrutura específica, do presidente aos diretores e secretários. Portanto, cada um tem uma função predeterminada. Mas, como dirigente, é importante deixar isso ainda mais claro.

Então é essencial distribuir as tarefas entre o time, de acordo com suas competências e interesses. Defina quem vai cuidar de atividade ou quem será o responsável por cada etapa. Desse jeito, é possível garantir que tudo seja realizado da melhor forma.

Obtenha e alvará da universidade e da prefeitura

No caso de algumas atividades, é preciso obter autorizações específicas. Dependendo da universidade, será necessário solicitar o uso de algum espaço, como uma sala ou auditório. Também pode ser obrigatória a autorização para uso do nome da instituição em certas atividades. Já a prefeitura concede alvarás para algumas possibilidades em espaços públicos e privados.

Obter isso garante que o evento seja realizado sem problemas e sem o risco de ser interrompido ou cancelado às pressas. Fique de olho na burocracia, hein?

Contrate fornecedores para festas e eventos

Para que tudo seja um sucesso, não se esqueça de escolher os melhores fornecedores. Nas festas, é importante conseguir descontos nas bebidas ou no espaço, pois isso aumenta a margem de lucro. Já nos eventos esportivos, negocie as condições de transporte e hospedagem.

Também vale a pena buscar patrocínio. O apoio de empresas e entidades permite a contratação facilitada dos melhores serviços. É hora de ir para a rua e conquistar parcerias relevantes!

Divulgue os eventos e atividades

Outra medida para que o calendário dê certo tem a ver com a divulgação. É indispensável fazer com que as realizações da atlética cheguem ao maior número possível de pessoas, porque é o que leva ao sucesso.

Utilize as redes sociais, os cartazes na própria universidade e o boca a boca entre os estudantes. Crie lotes promocionais de ingressos e pacotes de participação em eventos, já que é algo que estimula as pessoas a se envolverem logo no começo.

Nas atividades sociais e solidárias, pegue firme na divulgação. Quanto mais gente participar, melhor.

Cuide das finanças

Se quiser concluir o calendário da atlética do jeito ideal é essencial cuidar das finanças. A arrecadação deve acontecer tanto pelas atividades quanto pela possibilidade de associação. Para otimizar o fluxo de caixa, aconselhamos que cobre as parcelas do programa de sócio torcedor mensalmente.

Na hora de pagar as despesas, mantenha as notas fiscais e os recibos de tudo. Depois, esses dados devem ser usados para prestar contas. O que sobrar pode ser destinado para o planejamento do ano seguinte ou mesmo para instituições de caridade.

Conte com uma plataforma de gestão

A maioria das atividades fica mais simples quando você inclui tecnologia no processo. No caso da atlética e do calendário anual, o melhor é contar com uma plataforma de gestão específica.

O recurso deixa acompanhar o pagamento dos sócios e até que eles quitem o valor das mensalidades online. Também ajuda a manter o fluxo de caixa, oferece um clube completo de vantagens e permite ter melhor controle. Desse jeito, fica muito mais fácil dar conta das finanças e de outras etapas necessárias para que os processos sigam corretamente.

Qual o impacto do sucesso das atléticas na vida acadêmica e pessoal dos alunos?

A seguir, vamos falar um pouco sobre duas das principais atléticas do Brasil e seu papel na vida universitária.

Conclave UFMG

O Conclave Médico Desportivo é a atlética da Medicina UFMG, uma das mais tradicionais do Brasil. Fundada em 1996, atualmente conta com mais de 400 associados e atua em diversos pontos da vida universitária, como por exemplo:

  • gestão da participação da Medicina UFMG em eventos interatléticas, como a CIA e a INTERMED.
  • promoção de treinos esportivos de diversas modalidades.
  • venda de itens da Lojinha
  • integração entre os alunos por meio de festas e eventos relacionados ao esporte
  • auxílio social e cultural com instituições escolares

Quando um estudante se associa ao Conclave, ele garante diversos benefícios, como acesso aos treinos de todas as modalidades esportistas, descontos nas competições esportivas, assim como em produtos da Lojinha, transportes e festas de integração.

Todos os anos o Conclave organiza uma competição dentro da faculdade, chama de INTRAMED. Ela conta com nossas 16 modalidades esportivas, desde futsal e judô até sinuca e xadrez. Esse evento é um marco de integração, diversão e competitividade das 12 turmas da Medicina UFMG com 160 alunos cada.

É importante ter um órgão como o Conclave para gerenciar esses quesitos, visto que os estudantes têm aulas em período integral, e sem auxílio, seria muito difícil a organização dos alunos em relação aos esportes.

A seguir, veja o depoimento de Athina Braga, atleta do Conclave desde o ínicio da faculdade, goleira do futsal e do handebol e grande jogadora do basquete:

“Amor. Difícil falar do conclave sem pensar nessa palavra. Amor ao esporte, a UFMG. É ter uma salinha no físico, mas com a certeza de que lá cabe o que não cabe na dispensa. Na hora do almoço é riso e aconchego. É trabalho e abdicação para fazer tudo sair da forma mais perfeita possível. Estar do lado dos times, incentivando e escutando suas demandas. Priorizar o esporte acima de qualquer coisa. É cuidado e amizade, qualquer dificuldade, conversa com o conclave. É integração. Usar o esporte para promover o amor pela turma e socialização entre atletas e alunos. Fazer com que a rivalidade exista, mas mostrar que, no fim, somos todos parte de um único time: o vermelho. É identidade. Nos proporciona um sentimento de pertencimento em uma faculdade tão grande. É não ligar de ter um rato barrigudo de mascote e ser chamado de toddynho, porque entende que o importante é mostrado em quadra.

É entrar sem precisar bater na porta.”

Atlética Poli-USP (AAAP)

A AAAP é outra atlética muito famosa no Brasil, sendo reconhecida por sua organização e proatividade na vida acadêmica. Por essa razão, todos os estudantes se declaram AAAPaixonados por ela.

Assim como o Conclave, seu mascote também é o rato. Entre as ações mais legais da AAAP está o apoio às mulheres atletas, as Guerreiras da Poli. Desse modo, atuam intensamente na busca de igualdade no esporte!

Os sócios têm direito a vários benefícios, como:

  • brindes exclusivos;
  • sorteios de ingressos VIP;
  • descontos para eventos inter-atléticas;
  • kits de acessórios e roupas etc.

Além disso, o trabalho ativo dos gestores trouxe parcerias com vários negócios em um clube de vantagens que oferece descontos em lojas de vestuários, de produtos eletrônicos, cinemas, farmácias, entre outros. Os universitários frequentemente ficam com a grana curta e esses descontos são muito legais para evitar ficar no vermelho.

Mas não é só isso! A AAAP também organiza várias festas e eventos para aumentar a integração dos alunos, trazer uma identidade para o curso e incentivar a prática esportiva.

Com esses exemplos, é claro o papel das atléticas em melhorar a vida universitária nos mais diversos sentidos:

  • com o voluntariado e as ações de conscientização sobre os mais diversos assuntos, como igualdade e combate à discriminação, elas fomentam a responsabilidade social;
  • com o estímulo aos esportes, promovem a saúde e o bem-estar dos estudantes, assim como a competição saudável;
  • com parcerias, podem conseguir vários descontos financeiros para aliviar o bolso dos universitários;
  • com os eventos, melhoram a integração e a sensação de pertencimento dos alunos. Isso contribui para a saúde mental e a sociabilidade.

atlética universitária tem tudo a ver com os anos incríveis que só a faculdade é capaz de trazer — não podemos negar! Ao saber como ela funciona e como comandá-la, é possível gerir da melhor forma e aproveitar os benefícios!

E, para sempre ficar por dentro das novidades e das dicas, curta nossa página no Facebook e nos siga no Instagram!

Posts relacionados

Deixe um comentário